Livro em sete dias

Published on junho 5th, 2018 | by Ana

0

“Agora aqui ninguém precisa de si”, de Arnaldo Antunes

Antes de tudo, preciso admitir que com a tarefa de colocar esse projeto no ar, eu quase não consegui entregar a minha leitura da semana. A estratégia então foi apostar em um livro que eu terminaria rapidamente. Tirei da estante o “Agora aqui ninguém precisa de si”, do Arnaldo Antunes (1º edição, da Companhia das Letras) e deu certo: em dois dias, li duas vezes.

A autopropaganda diz: “O tempo e o espaço, a insignificância e a morte são os principais temas deste volume de inéditos de Arnaldo Antunes, que oscilam entre o humor e a desilusão. Alternando poemas em verso e visuais, fotografias e “prosinhas”, a obra é marcada pela pluralidade, pelo registro pop e pela sonoridade, tão próprios ao artista, que assina também o projeto gráfico. Um diálogo sensível e desafiante com o homem contemporâneo.”

Finalmente, a minha opinião.

Sobre o autor: obviamente, já conhecia o Arnaldo Antunes. É possível reconhecer o ritmo (pausado, mas ágil. pode?) do compositor (e das suas peculiares danças) no poeta do livro. Mas aqui, as histórias dele parecem muito mais donas de si, o que eu explico a seguir.

Julgamos o livro pelo título e pela capa: nenhum dos dois me atrai à primeira vista. Apesar disso, acho que ilustração e título conversam bem entre si e eu acabo gostando do resultado.

Trama: este foi um critério que escolhemos adotar na avaliação de histórias, mas que não se encaixa perfeitamente aqui. Vou falar então do tom imprimido nas abordagens: a impressão ao ler os escritos é que eles decidem quando aparecer e quando despedir, por vezes ditando seus formatos visuais. Os dizeres são abruptos na chegada e na saída: alguns então passaram por mim sem deixar marcas e outros me impactaram com isso.

Ponto forte: vou destacar seis textos – Nocaute, Coleção de esquecimentos, Faz-se, Você que me continua, Quando alguém perguntar, Um aceno.

Um livro para ler: na correria do dia a dia ou em um domingo entediante. Mas a escolha pode mudar totalmente suas opiniões sobre as palavras neste livro. Foi o que aconteceu comigo, da primeira para a segunda leitura.

Tags: , , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

Gostou do nosso conteúdo? Nos acompanhe nas redes sociais!

  • Facebook
  • Instagram
  • SOCIALICON