Livro em sete dias

Published on junho 6th, 2018 | by Ana

0

‘Amor e gelato’, de Jenna Evans Welch

Hoje é dia de TBT, e nada como lembrar o primeiro livro que nós duas lemos para compartilhar opiniões. “Amor & Gelato” (1º edição), da Jenna Evans Welch, é sobre Lina que, após a morte da mãe, fica com a missão de realizar sua última vontade: morar um tempo na Toscana. Nessa viagem inesperada, a jovem conhece o pai, de quem nunca tinha ouvido falar, e fica sabendo mais sobre a juventude da mãe, através de um diário.

Julgamos o livro pelo título e pela capa

Marcela: Eu ganhei o livro, e o título e capa já me deram impressão de que seria um livro fofo e leve, justamente o que eu queria para começar o ano com o pé direito.

Ana: O título já pega a gente pela barriga (às vezes é mais fácil de ouvir do que o coração). Dá para ser mais fofo?  Amei as cores também.

Autor

Marcela: Esse é o primeiro livro da escritora, e chegou nas livrarias brasileiras em 2017. Por enquanto, o próximo romance, “Love & Lucky” (já estou ansiosa? claro), está à venda apenas em inglês.

Ana: Eu nunca tinha lido nada da Jenna, mas definitivamente olharei com simpatia quando encontrar outros livros dela em prateleiras.

Protagonista

Marcela: Desde o início já gostei da Lina, afinal ela tem até o mesmo nome da amiga imaginária que eu tinha na infância (sim, sou filha única). Durante a leitura, me apeguei ainda mais à mocinha e realmente torci por um final feliz.

Ana: A Lina é uma menina de quem eu gostaria de ser amiga e apoiaria a maior parte das decisões. Acho que ela encara bem o que acontece em sua vida (não ri para tudo, mas também não é dramática), e tem pleitos justos. Estou contigo, Lina!

Coadjuvantes

Marcela: O grande destaque é o Ren, amigo da protagonista. Com certeza, seria meu crush se eu fosse adolescente. <3 Howard tentando ser um paizão também me encantou bastante.

Ana: Conhecemos os coadjuvantes de “Amor e gelato” a partir da relação deles com a nossa protagonista. Então, posso dizer que amo como a Addie é empolgada, bem humorada e não há drama na amizade das duas. Já estou ansiosa pela história que ela protagonizará. O Ren é encantador e aventureiro. Quero vê-lo crescer (e me reapaixonar por ele com a minha idade, risos).  O Howard é um cara (quase) perfeito e a Sonia foi uma surpresa para mim, pois ela nem precisava ser tão legal.

Trama

Marcela: É uma leitura despretensiosa, mas que me prendeu até o último momento, principalmente pela fofura. Comecei a ler à noite e terminei no dia seguinte. Achei um romance leve e com bons personagens. As páginas me fizeram “viajar” para Florença, cidade que não conheço, e cheguei a pesquisar alguns pontos turísticos no Google enquanto lia alguns trechos, para ter a “mesma experiência” que a protagonista.

Ana: Confesso que achei um pouco exagerado o mote da história. Como uma mãe envia a filha para morar com uma pessoa que ela não conhece em outro país? Mas logo, logo minha maior preocupação era o quanto eu conseguiria ler a caminho do trabalho, pois estava muito entretida. O enredo de pai e filha surpreende (e acho algumas posturas dos adultos surreais e irresponsáveis, admito), mas o romance é super pé no chão.

Ponto forte

Marcela: Apesar do enredo bem adolescente, o livro pode agradar várias gerações.

Ana: Eu já falei sobre o Ren? Ainda, os comportamentos dos personagens adolescentes são bem alinhados as suas idades. Ponto super positivo, pois histórias em que o protagonista, aos cinco anos (exagero meu), tem certeza do seu amor não funcionam para mim.

Um livro para

Marcela: …ler em tardes de verão e sonhar com uma viagem a Florença.

Ana: …ler quando estiver com preguiça de fazer qualquer outra coisa.

Tags: , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

Gostou do nosso conteúdo? Nos acompanhe nas redes sociais!

  • Facebook
  • Instagram
  • SOCIALICON