Outros papos

Published on julho 16th, 2018 | by Ana

0

Livro dá trabalho: Ilustradora, Bruna Assis inicia os pequenos na leitura

Que pequeno nunca puxou a blusa da mãe, do pai ou dos avós para pedir um livro apenas por ter gostado do desenho? Principalmente em obras infantis – mas não só, já que ainda julgamos os exemplares pelo visual -, os ilustradores têm grande responsabilidade comercial diante de editoras. Mas o impacto de seus serviços vai além dos números de vendas: inicia leitores.

Na terceira entrevista da série “Livro dá trabalho” – em que profissionais do mercado editorial falam sobre suas rotinas -, conversamos com a ilustradora Bruna Assis, indicada pela Editora Moderna. Formada em Jornalismo e Design Gráfico, Bruna fez pós em ilustração criativa e técnicas de comunicação visual na escola EINA (Centre Universitari de Disseny i Art de Barcelona) e é premiada com um Jabuti (terceiro lugar em 2016, por “Flávia e o Bolo de Chocolate”, de autoria de Miriam Leitão).

Bruna, você sempre sonhou em ser ilustradora? Como descobriu a profissão e chegou ao ramo editorial?

Eu sempre amei desenhar e criar coisas. Eu criava meus próprios brinquedos quando criança, fazia casinhas de biscuit, livros pop-up de papel sulfite, criava o tempo todo! Eu me interessei pela ilustração quando fiz meu TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) de Design Gráfico. Foi aí que surgiu a ideia de fazer um livro infantil e eu amei a experiência. Quando me formei, fui a Barcelona fazer pós na área, mandei meu portfólio a editoras e um livro chamou o outro.

Qual é a função da ilustração, na sua opinião? E você acha que deve haver liberdade para complementar o texto, inserindo mais detalhes, ou se ater às descrições feitas?

A função do ilustrador é, assim como a do escritor, contar uma história. Acredito que a grande sacada da ilustração está em contar mais do que o texto diz, não ser simplesmente redundante, sempre acrescentar à narrativa. As imagens contam a sua própria história dentro do livro.

Gostaríamos de saber como o ilustrador dá o pontapé inicial em seus trabalhos. Geralmente, você e o autor conversam sobre a ideia ou o processo é independente? 

O processo acontece das duas formas: às vezes converso com o autor, outras não temos nenhum contato. Eu acho que ambas são válidas, mas acho sempre muito importante que o autor dê ao ilustrador a liberdade de contar a sua própria versão da história. Fica tudo muito mais rico dessa forma.

E quais decisões devem ser tomadas para começar a criar? Há uma ordem de elementos para fazer? Ou testes para definir características que serão adotadas na ilustração?

Normalmente, eu começo fazendo uma primeira ilustração, do início ao fim, totalmente livre. Acho importante esse primeiro momento de começar a ter intimidade com a história, sem nenhuma restrição. Aí eu envio essa primeira ilustração à editora ou ao autor, e a partir dos comentários, desenvolvo as ilustrações no lápis. Faço o livro todo dessa forma e aí acontece a segunda aprovação: dos esboços. Com isso aprovado, seguimos para a finalização.

Então qual é o tempo necessário, em média, para fazer uma página de um livro?

Isso depende muito do estilo da ilustração, alguns são mais trabalhosos, outros menos. Eu diria que uma média de 1 a 2 dias pra fazer uma página.

Bruna, qual é a responsabilidade de ilustrar um livro?

Acho que a responsabilidade é fazer a criança criar um interesse pelo livro. O primeiro contato que uma criança tem com um livro que ela não conhece é visual, a ilustração chama o leitor a abrir o livro para, então, conhecer o texto escrito. É uma grande responsabilidade!

E as dificuldades da rotina? Você pode nos contar um desafio que já enfrentou?

Eu trabalho sozinha, sou minha própria chefe! Acho que o maior desafio é saber quando cheguei ou não àquilo que me propus fazer. Não existe ninguém que diga: é isso aí, pode mandar agora. E como estamos falando de algo completamente subjetivo, tenho que confiar muito no meu taco, haha. Mas confesso que meu marido me ajuda muito nessa parte, me dá muitas opiniões construtivas. 

Pode destacar um trabalho seu que amou?

Um dos trabalhos que amei fazer foi o “Oito anos”, com texto da Paula Toller. Esse livro foi especial porque nele eu pude criar minhas próprias histórias em forma de quadrinhos. Cada página do livro tem uma grande ilustração e abaixo dela uma sequência de quadrinhos, que a editora me deu completa liberdade para ilustrar e criar  histórias, foi muito legal!

Falando em sucesso (rs)… quais são as características fundamentais de um bom profissional nessa área? É preciso saber desenhar, fazer algum curso?

Acho que desenhar é diferente de ilustrar. Um bom ilustrador não necessariamente desenha bem. Eu, por exemplo, sou péssima em desenho realista, simplesmente não sai haha… Acho que um bom ilustrador é aquele que consegue passar uma ideia, uma sensação, uma atmosfera, consegue construir a narrativa visual. Para mim, o principal é ter referência, conhecer livros e ilustradores. Minha pós foi fundamental para fazer com que desenvolvesse meu estilo, mas acho completamente possível ser autodidata. Fiz cursos de desenho em que o professor queria que eu desenhasse igual a ele. Isso acontece muito em cursos de desenho. E não há nada pior para quem quer se tornar ilustrador. Então, tem que escolher a escola certa.

Três curiosidades

Você faz a capa antes ou depois das ilustrações internas?

Sempre tento fazer por último. A capa é o coração do livro e durante o desenvolvimento das ilustrações surgem muitas ideias.

Às vezes, bate uma crise de criatividade? Qual é a saída?

Com certeza, acho que é perfeitamente normal. A saída é fazer outra coisa, pensar um pouco e se inspirar em outro lugar.

E, por último, nós vemos que alguns ilustradores subtraem partes do corpo, como dedos, ou subvertem a natureza, mudando cores de alguns elementos, como animais e até humanos. Você acha que essa liberdade é saudável?

Acho isso maravilhoso. A ilustração está aí pra isso mesmo, é um mundo infinito, e nele qualquer coisa é possível.

Tags: , , , , , ,


About the Author



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑

Gostou do nosso conteúdo? Nos acompanhe nas redes sociais!

  • Facebook
  • Instagram
  • SOCIALICON